Quinta-feira, 13 de Setembro de 2012
(vinte e dois)

Seria mais facil poder culpar todos e todas por este meu falhanço? Seria simples e muito menos penoso, na verdade, e sinceramente vontade não me falta. Todavia, nada disso corresponde à verdade. Se é de mim que todo o falhanço atinge e ninguém mais sente na pele todas as consequencias do desastre, porquê esta necessidade de criar um bode espiatório nos outros quando racionalmente nenhuma responsabilidade posso entregar a esses mesmos sujeitos? Não tenho resposta e tenho receio de quando a descobrir. Fará de mim má pessoa acobardar-me e culpar os professores e toda a comunidade educativa da minha incapacidade. Eu não sou assim. Não quero o ser mas estes pensamentos estão aqui. Andam dentro de mim e afligem-me. Dilaceleram sempre que reconheço uma vitória nos rostos. Aí, hoje foi um dia em que fiquei com tanta mas tanta repugnacia do que pensei que atirar-me da ponte D. Luis a baixo não seria castigo suficiente.


recortes:

copodeleite às 23:50
link | |

(7):
De Leucócito a 18 de Setembro de 2012 às 22:50
Às vezes os outros têm a sua culpa também. Mas, quando eu pensava: "Se o professor X me tivesse dado a nota que eu merecia, tinha entrado", lembrava-me que se eu tivesse tirado 20 em todos os exames também entrava e não era preciso o professor X para nada. É essa a linha de pensamento. Há injustiças? Há. Outros podem interferir negativamente na nossa vida? Podem. Mas, a palavra final é sempre nossa. Sempre. Eu tive a minha e tu terás a tua também :D


De coraline a 14 de Setembro de 2012 às 17:13
é mesmo estranho... mas eu habituo-me. espero eu...


De ana gonçalves a 14 de Setembro de 2012 às 17:01
As nossas começaram mais cedo. Foram praxes surpresa, porque o pessoal julgava que ia fazer a matricula E PIMBAS! PRAXE!


De kate cooper a 14 de Setembro de 2012 às 15:34
Não sejas tão dura contigo mesma.


De Mariana a 14 de Setembro de 2012 às 14:23
Estamos a falar do discurso de ontem? Sabes quem é a rapariga?


De alexis a 14 de Setembro de 2012 às 11:35
ok! boa sorte para tudo!


De Jessie Bell a 14 de Setembro de 2012 às 11:01
Não sejas assim contigo mesma! Não vale a pena.


Comentar post

Encontras...

Créditos

Formspring

Perfil