Sexta-feira, 10 de Junho de 2011
Jantar.

Saiu de casa sem saber o que me espera. As calças de ganga largas e o top preto dão-me um ar descontraído. As sapatilhas tinha apenas o objetivo de facilitar aguentar a longa noite que tinha pela frente. O cabelo solto e a cara desprezada de maquilhagem davam-me um ar infantil. Despeço-me da minha mãe com dois beijos na face.

Dentro do novo carro azul-marinho, a música num volume elevado e o fumo esbranquiçado que saí de uma das janelas faz a minha mãe, que ainda se encontrava na porta a observar-me, lançar um ultimo olhar de aviso. Não ligo. Apenas digo um até logo. Então, já sabem onde vamos? A minha voz animada provoca um riso geral. Sim, sim. A voz ao meu lado sossega-me. Entrega-me uma pulseira que trato de colocá-la sob o pulso. Essa voz provinha da minha amiga. Estava vestida de forma provocadora apesar do rabo-de-cavalo mal feito. No entanto, a minha atenção pretendeu no seu acompanhante. O tal amigo. Não me queria lembrar da outra noite. O amigo parece perceber os meus pensamentos. Limita-se a suster um pouco a respiração. Pondera se devia ou não pronunciar algo. Decide-se por se manter calado. Pretenderia que esta noite fosse diferente da anterior.

Rapidamente, o veiculo chega ao local pretendido. Mal olho à minha volta, encontro uma figura mulata minha conhecida. Imediatamente, cumprimento-a, assim como, todos os que a acompanhavam-na. Entro numa conversa rotineira. Sem grandes confidencialidades. De repente, uma mãos quentes impossibilitam-me de enxergar. Adivinha quem sou! Bastou tal para se tornar fácil a sua identificação. As nossas mãos abraçaram-se tal como os nossos corpos. Ainda bem que vieste. Um sorriso fraco forma-se no rosto de ambos. Sem sabermos bem como nos comportar após tal envolvimento, mantivemos-nos de mãos dadas enquanto esperávamos pela vinda dos atrasados. Ninguém percebeu o nosso constrangimento. Nunca tal intimidade tinha vindo a público. A minha timidez ganhou ao sentimento. Largo a tua mão quando chegaram os restantes. Não queria dar azo a conversas a nosso respeito. Não que me importasse mas, a ti, eu sei que sim.

Após o longo jantar em que cada um da mesa desfrutava. Não se restringindo na quantidade exagerada de bebida ingerida ou de comida. Já se faz tarde! A festa espera por nós. Uma risada é geral. Pagámos e, na noite fria, caminhámos até ao nosso final destino. Pelo caminho, houve quem ainda fosse à bomba de abastecimento comprar um maço de cigarros. Estás com frio? Tinha-me sentado num capô de um carro que se encontrava estacionado enquanto esperava pela minha amiga. Não. Mentirosa. Não estou a mentir. Pega o casaco e não reclames. Nem tentei se quer dizer uma palavra. O seu tom de voz tinha sido suficiente. Visto o casaco atabalhoadamente. Uma risada saiu dos seus lábios e eu acompanho-o. Ó moça, tu assim até afastas os rapazes com a tua falta de jeito. A voz da amiga já lunática faz-me dar conta das minhas acções. Estende-me um cigarro do seu novo maço. Nego-o. Não queria que ele soubesse da minha antiga dependência. Uma gargalhada sai dos lábios da minha amiga. Ainda é meia noite e olha o teu estado. A minha observação passou-lhe ao lado. Tal como já esperava.

Pelo caminho, a vergonha foi presa pelo frio obrigando o meu corpo a encostar ao teu. Mantinhamos uma conversa baixa entrelaçada com algumas gargalhadas. Sentia-me bem a teu lado. Talvez seja, por isso, que deixei que nos tirassem fotografias juntos. Talvez seja, por isso, que dancei contigo. Talvez seja, por isso, que deixei que me abraçasses. Talvez seja, por isso, que acabei por chorar no teu peito. Talvez seja, por isso, que deixei que depositásses sobre o meu cabelo ternurentos beijos. Talvez seja, por isso, que me trouxesses-te a casa. Talvez seja, por isso, que quando acordei a primeira imagem que me veio à cabeça foi a tua.

Boy-cute-friends-girl-love-favim.com-71189_largeA nossa figura sob a camera atenta dos olhos dos outros sobre as nossas acções durante o jantar.

(fotografia via turmbl)



copodeleite às 21:00
link | |

(27):
De ~ catarina a 13 de Junho de 2011 às 18:45
:)
gosto do teu novo look; simples e lindo


De ~ catarina a 13 de Junho de 2011 às 18:34
obrigada;
não entendes tu nem eu. -.-'


De Teresa a 13 de Junho de 2011 às 12:52
Infelizmente também acho :(


De Aurelle a 13 de Junho de 2011 às 10:01
Obrigada (:


De Andie a 12 de Junho de 2011 às 23:37
obrg qerida *-*
oh gosh...amei ^^
favoritos (:


De a 12 de Junho de 2011 às 17:26
Olá =D
Começou uma nova fic, que decerteza irás gostar, o nome da fic é " A new Star".
Já postei o Prefácio, as personagens e o 1º Capitulo, mas podes ver tudo no link em cima do meu blog, onde irá dizer isso.
http://my_dreams_of_love.blogs.sapo.pt/
Espero que gostes, e comenta quando poderes =D


De maraft ♥ a 11 de Junho de 2011 às 20:12
ele vai conhecer esse lado mais tarde (:


De Teresa a 11 de Junho de 2011 às 20:02
eheheh *-*


De Teresa a 11 de Junho de 2011 às 19:57
hmm... mas foi super giro essa noite, não? *-*


De Teresa a 11 de Junho de 2011 às 19:51
voces namoram? $:


Comentar post

Encontras...

Créditos

Formspring

Perfil

Visitas
Free Web Hit Counter