Sexta-feira, 5 de Agosto de 2011
Introspecção.

Pressinto a mudança. Devagar preenche-me. Abraça-me sem rodeios. A prosa poética frequentemente cheia de pontos de exclamação e doçura nas palavras tende a extinguir-se. Sobrepõe pequenos pensamentos, pequenos nadas vazios sem alma. Vergo-me. Nela reside a sinceridade do meu ser. A loucura da puberdade submete-se pela responsabilidade educada ao longo de vários anos. Sinto dentro de mim nascer uma nova pessoa. Será bom?



copodeleite às 00:00
link | |

(44):
De a 6 de Agosto de 2011 às 01:09
Não há grande coisa que te possa dizer... Mas se já travaste piores discussões com ela e tudo ficou bem, não vejo porque é que não isso há-de acontecer, neste caso. A verdade é que nunca tive uma discussão grave com alguém que não acabasse por cortar relações. Eu raramente discuto coisas importantes. Guardo TUDO para mim e depois expludo -.-


De a 6 de Agosto de 2011 às 01:03
Desculpa :s
Foi assim tão má, a discussão? :o


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:59
a confiança de quem eu ti? Desculpa, mas não percebi :s


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:54
Depois avisa se deu resultado... Só para eu também ficar prevenida, numa situação semelhante xD Pus-te nos afiliados do blog da Dalillah (:


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:50
Ahahahahah É o que eu faço, quando estou para mergulhar na água xD


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:45
O mais dificil é começar. E estou certa de que possuis a eloquência para o fazer. Se te ajudar, conta até cinco e começa nos quatro


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:39
Não sei o que te diga querida. Tenho a certeza que ela não o faz com intenção. As coisas iram compor-se, de uma maneira ou de outra. As peças do puzzle vão encaixar.


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:28
Mas ela está a acusar-te de não lhe contares os teus sentimentos? Eles são teus. Se ela é tua amiga não devia preocupar-se se tu lhe contas ou nao contas os teus sentimentos, mas sim devia ver os teus sentimentos, quando eles se projectavam nas tuas acções e aí devia ajudar-te como a amiga que é. As palavras, não passam de palavras e são sobrevalorizadas.


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:07
Por te estares a tornar séria? Eu sei o que é levar as coisas demasiado a sério, tomar tudo como uma ameaça. Se é isso que te está a acontecer, bem, a mim acontece-me desde que sei falar e o que tens de aprender a fazer é "relativizar". Põem as coisas numa perspectiva que não a tua, no meu caso costuma ajudar.


De a 6 de Agosto de 2011 às 00:02
Que problemas? :O Não deve trazer-te problemas... Por vezes temo-nos de adaptar. As pessoas estão convencidas que não, pois estao habituadas a demasiados luxos, mas o ser humano está desenhado para se adaptar a ccondiçoes muito menos favoraveis, àquelas que experiencia...


Comentar post

Encontras...

Créditos

Formspring

Perfil

Visitas
Free Web Hit Counter